MENSAGEM: O DESAFIO DA EVANGELIZAÇÃO
Rev. Juliano Jesus Veloso

.jpg

“Enquanto Paulo os esperava em Atenas, o seu espírito se revoltava em face da idolatria dominante na cidade” (Atos 17.16)

   O versículo acima diz que o espírito do apóstolo Paulo se revoltava por conta da idolatria que contemplou em Atenas.

   Em Atenas havia mais de 30.000 mil estatuas de falsos deuses e a idolatria dominava aquele lugar.

   O espírito de Paulo se revoltou porque a idolatria é algo que desperta a ira santa de Deus. Deus desaprova e combate ferrenhamente a idolatria.

    Em Isaías 42.8 o SENHOR diz: “ Eu sou o SENHOR, este é o meu nome; a minha glória, pois, não a darei a outrem, nem a minha honra, às imagens de escultura.” Mas o povo de Atenas estava mergulhado na idolatria e isso deixou o espírito de Paulo revoltado.

   Atos 17.17 diz: “Por isso, dissertava na sinagoga entre os judeus e os gentios piedosos; também na praça, todos os dias, entre os que se encontravam ali”.

   A indignação de Paulo gerou ação. Ele não ficou parado apenas observando a idolatria do povo. Pelo contrário, o texto diz que Paulo começou a pregar o Evangelho.

   Todos os dias, nas sinagogas e nas praças, entre todos os tipos de pessoas ele evangelizava.

   Nós também estamos inseridos em uma sociedade contaminada pela idolatria. Alguns idolatram imagens, outros idolatram os filhos, outros idolatram a si mesmos. Enfim, todos carregam ídolos em seus corações, e, é nosso dever não só nos revoltar frente a idolatria, mas agir apresentando o evangelho da graça de Deus a todos.