MENSAGEM: NÃO TEMAIS!
"Tende bom ânimo! Sou eu. Não temais!”(Marcos 6.50)

wallpaper-cristao-hd-nao-temas-estrada-t

  Muitas situações adversas geram medo em nosso coração. O medo está presente na vida de todas as pessoas, inclusive dos cristãos.

   O Evangelho de Marcos relata que em certa ocasião os discípulos de Jesus entraram em um barco para atravessar o Mar da Galileia.

   Jesus, porém, não estava com eles na embarcação, pois ficou na praia despedindo uma multidão que o seguia.

   Após despedir a multidão, Jesus subiu em um monte para orar. Ou seja, Jesus e seus discípulos estavam em lugares distintos: Jesus em um monte orando e seus discípulos atravessando o Mar da Galileia.

   O texto também diz que em determinado momento uma grande tempestade surgiu e começou a assolar o barco em que estavam os discípulos. Eles perderam completamente o controle da embarcação.

   Essa situação adversa ensina que os verdadeiros cristãos não devem temer situações adversas por pelo menos dois motivos:

   Primeiro motivo: Jesus Cristo enxerga as tempestades que enfrentamos.

   O Evangelho de Marcos diz que Jesus viu seus discípulos com dificuldades no mar. Apesar de toda escuridão da noite; mesmo envoltos na tempestade, Jesus viu seus discípulos em apuros. Isso porque Jesus Cristo é o Senhor. Ele é o filho de Deus. Ele é o Deus encarnado.

   Ele é o Deus onisciente que viu as dificuldades dos discípulos no meio do mar naquela época e que vê as nossas dificuldades hoje. Por isso, nós cristãos não devemos temer

   Segundo motivo: Jesus é maior que qualquer tempestade que enfrentemos.

   O texto diz que Jesus foi ao encontro dos discípulos caminhando por sobre o mar, e que quando    Jesus entrou na embarcação o vento e as ondas cessaram imediatamente. Jesus é maior e mais poderoso do que aquilo que nos deixa com medo.

   Não importa a tempestade que enfrentemos, mais cedo ou mais tarde Jesus Cristo virá trazendo calmaria. Seja nessa vida por meio de um milagre ou quando voltar para nos levar ao nosso lar celestial. Lá não haverá choro, pranto e nem dor.

   Que essa viva esperança elimine todo medo do nosso coração